O Poder Mágico da Pedra Filosofal

O Poder Mágico da Pedra Filosofal – Não estamos falando de Harry Potter aqui, mas certamente a autora J. K. Rowling, se utilizou de estudos e pesquisas sobre o tema.

Para muitos esotéricos, Nicolas Flamel foi o maior alquimista da Idade Média, talvez o mais sábio e astuto.

Sua lenda correu o mundo, e mesmo após sua morte muitos juram que ele está vivo, graças à poção da juventude eterna que ele desenvolveu.

O Poder Mágico da Pedra Filosofal
O Poder Mágico da Pedra Filosofal

Nicolas Flamel (Pontoise, França, 1330 — Paris, 22 de março de 1418) foi um dos maiores alquimistas da história.

Casado com Dame Perrenele Flamel. Segunda a lenda teria fabricado a pedra filosofal, o elixir da longa vida e realizado a transmutação de metais em ouro por meio de um livro misterioso.

O Poder Mágico da Pedra Filosofal

Segundo a lenda, em torno de 1370, Flamel encontrou um antigo livro que continha textos intercalados com desenhos enigmáticos, a história de sua vida poderia ser resumida na guarda deste livro, mesmo após muito estudá-lo, Flamel não conseguiria entender do que se tratava.

Ainda, segundo a lenda, ele teria encontrado um sábio judeu em uma estrada em Santiago, na Espanha, que fez a tradução do livro, que se tratava de cabala e alquimia, possuindo a fórmula para a pedra filosofal.

Flamel, a partir de 1380, começou a se dedicar à alquimia prática. Segundo conta-se, conseguiu produzir ouro em torno de 1382 e depois, finalmente, a transmutação em ouro.

Cerca de dez anos mais tarde do início dos experimentos, começou a realizar um grande número de obras de caridade como a construção de hospitais, igrejas, abrigos e cemitérios e os decora com pinturas e esculturas contendo símbolos alquímicos e muito ouro.

Escreveu “O Livro das Figuras Hieroglíficas” em 1399, “O Sumário Filosófico” em 1409 e “Saltério Químico” em 1414.

Segundo parece tanto Flamel como sua esposa gozavam de uma saúde invejável e não aparentavam a idade que tinham, segundo alguns devido aos conhecimentos alquímicos dele.

Ele faleceu em 22 de março de 1418, com mais de 80 anos, e sua casa foi saqueada por caçadores de tesouros e gente ávida por encontrar a pedra filosofal ou receitas concretas para sua preparação.

A lenda conta que, na realidade, ambos, Flamel e Perrenelle, não morreram, e que em suas tumbas foram encontradas apenas suas roupas em lugar de seus corpos, eles teriam vivido graças ao elixir da longa vida, ao qual, Flamel também teria fabricado.

Flamel deixou um testamento escrito a seu sobrinho, em que revelava os segredos que descobrira sobre a alquimia. O “Testamento de Nicholas Flamel” foi compilado na França no final dos anos 1750 e publicado em Londres em 1806.

O documento original foi escrito de próprio punho por Nicholas Flamel em um alfabeto codificado e criptografado que consistia em 96 letras.

Um escrivão Parisiense chamado Father Pernetti o copiou e um Senhor de Saint Marc pôde finalmente quebrar o código em 1758.

O Poder Mágico da Pedra Filosofal

Mais Curiosidades:

“Auberge Nicholas Flamel”; Mansão de Nicolas Flamel, construída em 1407, é atualmente um restaurante e um dos mais antigos de Paris. Situa-se 51 rue de Montmorency

É citado na série Harry Potter como tendo realmente conseguido produzir a pedra filosofal. Ele a teria destruído no final do primeiro livro da série, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, pelo fato de Voldemort, o vilão da história, querer possuir o objeto e conseguir a vida eterna.

Mesmo com sua destruição, Flamel alegara que já tinha vivido bastante e ainda dispunha de bastante elixir da vida para viver bem mais, muito mais anos.

É citado também no livro O Código Da Vinci como sido um dos grão-mestres do Priorado de Sião.
Também citado em “A alquimia do Unicórnio”

Citado também no livro “A Profecia Voynich – Criança Índigo”

É citado também no livro O Manual do Bruxo de Allan Zola Kronzek e Elisabeth Kronzek.

Tem um papel bastante importante no livro “O Alquimista – Os segredos de o Imortal Nicholas Flamel”, de Michael Scott, no qual é mencionado como protetor do Livro de Abraão – o Mago, onde se encontra o segredo da Imortalidade e da destruição do mundo. O segundo volume deste livro foi editado em português em Abril, 2009.

Fontes: http://www.alchemylab.com/flamel.htm

http://secretosinmortalnicolasflamel.blogspot.com/

http://pt.wikipedia.org/




Aurelio Martuscelli

Blogueiro por devoção, aprendiz de designer e amigo :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *