Oração para pedir perdão para si mesmo – vídeo

Porque eu não consigo paz? Porque minha vida é tão cheia de altos e baixos? Porque eu não consigo ser feliz por mais tempo?

Há, segundo os estudiosos da alma, muitas coisas que podem estar envolvidas em relação à paz e à manutenção da alegria e do contentamento (essas duas, fonte da felicidade). Uma delas poderia estar relacionada diretamente ao modo como vivemos: nossos hábitos, desejos e anseios, além do ambiente que nos cerca.

Já a outra, pode estar intimamente ligada somente a nós. Nesse caso, para aliviar a carga que motiva a inconstância do nosso “ser e estar”, dos nossos altos e baixos, e que deve-se ao nosso severo senso de crítica – que pode perdurar por todas as nossas vidas – devemos nos olhar por dentro, fazer um exame completo de como somos e o que fazemos para nós mesmos. Em outras palavras: se não nos perdoamos, quando cometemos alguns erros, é difícil imaginar que outras pessoas possam vir a fazê-lo. E, nesse quadro, é mesmo incomum algo vir a dar certo por longo tempo.

Esse fato, por si só, faz com que não nos aceitemos plenamente como pessoas comuns, jogando-nos num patamar de desconfiança, baixa autoestima e arrogância, também. Tudo isso associado, pode nos levar a esse estado de permanente insatisfação e inquietação. Lá se vai a nossa paz e a nossa confiança em dias melhores. Daí, duvidamos de tudo e de todos. E isso é a porta aberta para o infortúnio, a bagunça na vida e a inconstância moral, social, econômica e, a principal, emocional.

Comece por perdoar-se, para que você possa entrar em sintonia com seu ser superior, com seus mentores, com seus guias, com seus anjos…
O caminho ficará menos espinhoso, e a luz de novos dias brevemente brilhará em sua estrada!

Fiquem com a Luz 🙂

Se você gostou, ajude a crescer a nossa fã page no Facebook, dê uma curtidinha e compartilhe com seus amigos 🙂

FaceBoock/PoderMágico




Compartilhe e Siga!
0

Aurelio Martuscelli

Blogueiro por devoção, aprendiz de designer e amigo :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.