Quem ouve música e canta os males espanta – experimente a musicoterapia

Quem ouve música e canta os males espanta – experimente a musicoterapia – Minha bisavó já dizia: quem canta os males espanta. E ela estava certa!
É verdade, a música parece ser um manancial de energia, para tanto precisamos somente sintonizar o “canal certo”, no momento certo.
Podemos sentir, através das vibrações sonoras, uma gama imensa de ondas que, de encontro a locais específicos de nosso corpo, nos proporcionam mais adrenalina, por exemplo ou, menos endorfina, para citar outro apenas.
Quem ouve música e canta os males espanta
Quem ouve música e canta os males espanta

Quem ouve música e canta os males espanta

A musicoterapia, sem que nunca tivéssemos ouvido essa palavra anteriormente, já faz parte de nossas vidas a muito tempo.

Desde os primórdios da humanidade, o ser humano desenvolveu esse “dom” de discernir os sons que lhe agradam, de sons que não têm sequer harmonia, soando-lhes como algo até ofensivo, dependendo de cada tipo de organismo interceptador desse som.

Vejamos um conceito mais técnico de musicoretapia

Musicoterapia é a utilização da música e/ou de seus elementos constituintes, ritmo, melodia e harmonia, por um musicoterapeuta qualificado, com um cliente ou grupo, em um processo destinado a facilitar e promover comunicação, relacionamento aprendizado, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes, a fim de atender as necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.

A musicoterapia busca desenvolver potenciais e/ou restaurar funções do indivíduo para que ele ou ela alcance uma melhor qualidade de vida, através de prevenção, reabilitação ou tratamento. (World Federation of Music Therapy) Wikipedia

Cura-se, através da musicoterapia. Você já reparou que, quando se está cantando, estamos nos sentindo bem, mais motivados e alegres?! Porque não usar a música, o ritmo, a harmonia a nosso favor, quando estamos passando por momentos de grandes turbulências em nossos espíritos?!

Sim! Podemos, de fato, nos harmonizar com certos sons, certas harmonias que, de algum modo, já elencamos como nossas favoritas!

Porque escolhemos determinado tipo (ritmo, harmonia, cantos, enfim, sons que compõem o conjunto de quesitos de nossas preferências? Porque cada pessoa tem um determinado “gosto musical”? Seria simplesmente acaso, ou há realmente alguma ciência atrás dos sons que tanto gostamos de ouvir, ou não?

Assista aos videos abaixo, são mais fatores que depõem a favor da musicoterapia. Interaja com a música já!

Simpatias infalíveis, simpatias poderosas, orações
poderosas, rezas fortes, chás para emagrecimento,
florais de Bach, esoterismo, OVNIs, UFOs, Figuras
Lendárias e Místicas, muitos vídeos de deixar de
queixo caido.



Compartilhe e Siga!
0

Aurelio Martuscelli

Blogueiro por devoção, aprendiz de designer e amigo :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.