Rasputin: mago, influente e sedutor


Muitos não conhecem a história de Rasputin. Achei alguns dados biográficos e de referência, mas para complementar esse post vou levar a seu conhecimento a maior mágica dele: a hipnose, inclusive a hipnose coletiva. Sim, ele era capaz de hipnotizar as pessoas – tanto que foi um verdadeiro Dom Juan, na Rússia -, teve grande influência entre a nobreza russa, e até hoje sua morte é uma incógnita. Eis o perfil de Rasputin, interessante!

Grigoriy Yefimovich Rasputin, místico russo, nasceu dia 23 de janeiro de 1864 em Pokrovskoie, Tobolsk e foi assassinado no dia 16 de dezembro de 1916 aos 52 anos em Petrogrado, atual São Petersburgo. Foi uma figura influente no final do período czarista da Rússia. Por volta de 1905, a sua já conhecida reputação de místico introduziu-o no círculo restrito da Corte imperial russa, onde diz-se que Rasputin chega mesmo a salvar Alexei Romanov, o filho do czar, de hemofilia.

Perante este acontecimento, a czarina Alexandra Fedorovna dedicar-lhe-á uma atenção cega e uma confiança desmedida, denominando-o mesmo de “mensageiro de Deus”.
Com esta proteção Rasputin torna a influenciar ocultamente a Corte e principalmente a família imperial russa, colocando homens como ele no topo da hierarquia da poderosa Igreja Nacional Russa. Todavia, o seu comportamento dissoluto, licencioso e devasso (supostas orgias e envolvimento com mulheres da alta sociedade) justificará denúncias por parte de políticos atentos à sua trajetória poluta, entre os quais se destacam Stolypine e Kokovtsov.

O czar Nicolau II afasta então Rasputin, mas a czarina Alexandra mantém a sua confiança absoluta no decadente monge. A Primeira Guerra Mundial trará novos contornos à atuação de Rasputin, já odiado pelo povo, que o acusa de espionagem ao serviço da Alemanha. Escapa a várias tentativas de aniquilamento, mas acaba por ser vítima de uma trama de aristocratas da grande estirpe russa, entre os quais Yussupov.

Rasputin também é conhecido pela sua suposta e curiosa morte, primeiro ele foi envenenado num jantar, porém sua úlcera crônica fê-lo expelir todo o veneno, posteriormente terá sido fuzilado levando um total de onze tiros, tendo no entanto sobrevivido; foi castrado e continuou vivo, somente quando foi agredido e o atiraram inconsciente no rio Neva ele morreu, não pelos hematomas, nem afogado, mas de frio.

Filmes que têm Rasputin como personagem

1932 – Rasputin and the Empress (Rasputin e a Imperatriz) de Richard Boleslawski – C/ Lionel Barrymore (Rasputin)
1960 – Les Nuits de Raspoutine (Noites de Rasputin) de Pierre Chenal – C/ Edmund Purdom (Rasputin)
1966 – Rasputin, the mad monk (Rasputin, o monge louco) de Don Sharp – C/ Christopher Lee (Rasputin)
1967 – J’ai tué Raspoutine (Eu matei Rasputin) de Robert Hossein – C/ Gert Fröbe (Rasputin)
1971 – Nicholas and Alexandra (Nicolas e Alexandra) de Franklin J. Schaffner – C/ Tom Baker (Rasputin)
1981 – Agoniya (Agonia) de Elem Klimov – C/ Aleksei Petrenko (Rasputin)
1996 – Rasputin (Rasputin) de Uli Edel – C/ Alan Rickman (Rasputin)
1997 – Anastasia (animação) de Don Bluth e Gary Goldman – C/ Christopher Lloyd (Rasputin) voz
2004 – Hellboy de Guillermo del Toro – Karel Roden (Rasputin)

Dados complementares:
http://wikipedia.org

Simpatias infalíveis, simpatias poderosas, orações
poderosas, rezas fortes, chás para emagrecimento,
florais de Bach, esoterismo, OVNIs, UFOs, Figuras
Lendárias e Místicas, muitos vídeos de deixar de
queixo caido.



Compartilhe e Siga!
0

Aurelio Martuscelli

Blogueiro por devoção, aprendiz de designer e amigo :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.